domingo, dezembro 08, 2013

Duas maquinarias

Por via da figuração, um determinado lugar mental passa a ser semanticamente articulado através da engenharia de outro lugar mental. É como se este fosse uma máquina e o primeiro uma matéria que a máquina transforma em termos hermenêuticos (tentei exprimir isso num poema infantil: aqui).

A alegoria tenta, por via deste processo, tudo revelar sobre a mecânica do sentido. A metáfora, figura de palavra e não de texto inteiro, tenta tudo sugerir. Qual a maior ambição?

Sem comentários: