quarta-feira, outubro 02, 2013

Pus moderno

Hoje, porventura com razão, nenhum autor se deve sentir obrigado a assumir uma postura de vanguarda. A ingenuidade, contudo, talvez já não seja perdoável.

Sem comentários: