domingo, julho 07, 2013

In arms

Um dos aspetos mais sedutores da arte de Sergei Paradjanov é a desnecessidade (o quase desprezo) que o cineasta tem da figura do contracampo (a partir de "A cor da romã"). Identifico-me muito com essa postura.

Sem comentários: