quinta-feira, maio 24, 2012

Que em nada são iguais

O fazer-cinema pressupõe algum índice de triunfo na vida, algo de que o fazer-poesia quase não precisa.

Sem comentários: