sábado, maio 01, 2010

Por uma vez...

...concordo:


"O que move Sócrates não é mais do que a imagem, de "modernizador" e "duro", que, no fundo de si próprio, ele julga ser. Gostava de nos legar um Portugal irreconhecível e maravilhoso: com computadores na escola, com o MIT, com o Simplex triunfante, com o novo aeroporto, com o TGV. Um Portugal como essa América que ele viu na Beira em séries de televisão para provincianos."

Vasco Pulido Valente (no PÚBLICO de hoje)

2 comentários:

Miguel Drummond de Castro disse...

E não é só ele,O Grão Timoneiro. Há uma epidemia de modernizadores da extrema esquerda à extrema direita. Cf. discurso do Rosas do chamado Bloco. A clamar com o tom de Robespierre por "modernização."

A série de países maravilhosos que nos querem propor é alucinante!

Um abraço,

Miguel DC

pedroludgero disse...

Bem vindo, Miguel!