quarta-feira, novembro 25, 2009

Manifesto de um contemporâneo

"É melhor manterem-me acorrentado, porque quando eu tiver liberdade, pretendo usá-la."

Sem comentários: