sábado, junho 06, 2009

Vi ontem, por fim, "La belle noiseuse"...

... mas fiquei com a impressão de que teria gostado mais do filme se ele tivesse sido construído a partir do famoso ditado: "Quanto mais obra-prima, mais se lhe obra-arrima".

Sem comentários: