domingo, junho 21, 2009

Cat people



IOSIF BRODSKII



É muito raro percebermos, logo durante a primeira leitura de um poema de um autor que desconhecíamos, que a sua obra nos interessará.

Sem comentários: