terça-feira, abril 07, 2009

Agradecimento necrófilo

Caros (e raros) leitores, seguidores, perseguidores e inevitáveis de tractores,

Muito agradeço os pedidos de várias famílias (ou, como diria o nosso Presidente da R., as vozes dos mais diversos quadrantes) que têm manifestado pesar pelo abrupto fim do Cabo da Boa Tormenta. Para dizer a verdade, tenho mais leitores-em-média-diária agora que estou calado do que em dois anos e meio de bloguice. E até já ganhei um seguidor post mortem.

Não me estou a fazer difícil (não é esse o meu jeito). Simplesmente, continuo a achar que "não vale a pena". E assim é. Aliás, estou a finalizar a escrita deste grande diário com posts bem mais confidenciais, cuja publicação me parece prematura, e que farão parte de uma recolha antológica dos escritos do blogue (que será editada no dia de S. Nunca logo logo pela manhazinha).

Talvez me apeteça um dia mais tarde fazer dois novos blogues (um de poesia, outro de cinema). Mas não me parece (se até ganhei mais tempo para ler e tudo!). Só se for um sítio (conjugalmente) partilhado com outra pessoa. Bees do it: é favor checkar as colmeias.

Até lá, desejo a todos boa navegação.