domingo, fevereiro 01, 2009

Partilha 45

o sobrevivente

publica a sua voz em la sirène. o sofrimento já lhe permite falar por iluminuras, com tudo o que estas revelam da condição de anfíbio. não chega. ao fim de algum tempo, apercebe-se de que não consegue conciliar o álbum de pratas com o ter pernas pr'a andar. dizem-lhe que, se ele fosse mulher, lhe bastaria o diapasão da vida. ele desconfia, e vira os búzios do avesso como se o mundo todo precisasse de sobreviver.



(Mais um texto resgatado a um projecto que naufragou)

Sem comentários: