quinta-feira, abril 17, 2008

Partilha 31

Concluo aqui a minha investigação em torno do haiku:



sonhatina

“(…) sonhatina (…) uma forma musical algo parecida com o pequeno sonho, ligeiro e generoso, composto no coração de um, e tocado no coração de outro________”

maria gabriela llansol

tema
hoje não consultei
a meteorologia
do teu cabelo


leitura (a partir de matsuo bashô)
ao cabelo
deixa as asas o vento
como recordação


sonho
cabe nos capilares
mas não no coração
o amor


improvisação
(o cinzento e o branco
vísceras
do cabelo)


coda
hoje
não consultei o teu cabelo

1 comentário:

Amet disse...

Isto sim é o original.