domingo, outubro 28, 2007

Em minúsculas

O arquitecto não é um artista. Não há pachorra para estetas, para megalómanos ou para construtores de castelos no ar. A sua função é tornar o mundo habitável. Habitável do ponto de vista utilitário, estético, relacional, político, filosófico. O seu prémio deveria ser o Nobel da Paz.

Sem comentários: