domingo, agosto 19, 2007

A sobrearte de viver

Concluí ontem o último texto do meu terceiro livro de prosa de ficção (que tem o mesmo título deste post).


Para aguçar prováveis apetites, deixo aqui transcritos os títulos dos doze contos da colectânea:

"A resposta do perguntador"
"Prontuário da santidade"
"Os amadores padecem de sobreexposição"

"Respirar"

"A última cena"

"Não basta dizer (que o beijo é) um aforismo"

"Também pode o pé-de-meia ser bem-temperado"
"Documento"

"Para baixo todos os poetas ajudam"
"O macho de letras, no seu melhor"

"Os quinze minutos de fama de um humilde"

"As aparições"

2 comentários:

AP disse...

Os dois primeiros livros estão editados?

pedroludgero disse...

O primeiro livro (contos) ganhou o Prémio Literário de Sintra de 2005 e foi publicado pelo município. Infelizmente só está à venda nessa cidade.

O segundo (uma novela) não está editado: mas é um objecto de tal modo bizarro que terei de suar as estopinhas para o conseguir tornar público.