quarta-feira, agosto 15, 2007

... mudam-se as raivas

(Ao cuidado dos ternos condutores urbanos)

Perto do fim do romance de Cervantes, um bando de estranhos malfeitores insulta Dom Quixote e seu escudeiro Sancho Pança com estas pequenas pérolas de agressividade:


"
- Caminhai, trogloditas!
- Calai, bárbaros!

- Pagai, antropófagos!
- Não vos queixeis, citas, nem abrais os olhos, Polifemos matadores, leões carniceiros!"


(tradução de Miguel Serras Pereira)

Sem comentários: