quinta-feira, agosto 23, 2007

Confissão 23



Com Agustina, é tudo uma questão de admiração. Leio-a como entra num país luxuriante cheio de admiráveis espécies literárias.

Mas com a Llansol, a relação já implica uma certa identificação. A autora de Herbais contém o meu ser numa versão mais livre.

Sem comentários: