segunda-feira, maio 28, 2007

A impossibilidade do Swing

"Ide em paz, ó par sem par de verdadeiros amantes!"
Miguel de Cervantes

(tradução de Miguel Serras Pereira)

Sem comentários: