segunda-feira, abril 30, 2007

Necrofobia

Se eu escrevesse uma biografia de Cristo, não falaria sobre a sua vida sexual. Não para ser simpático com dogmas e tabus (que a Igreja usa para conformar uma moral de costumes no limite do criminoso), mas porque as pessoas cuja vida sexual me interessa estão todas vivas.

Sem comentários: