sexta-feira, abril 27, 2007

Entre a insensibilidade e o cliché

"(...) Mas, posto tudo isto, caí, Sancho, na conta de uma coisa, e é que me pintaste mal sua formosura: porque, se não recordo mal, disseste que tinha os olhos de pérolas, e os olhos que parecem de pérolas antes são de besugo que de dama; e, ao que eu creio, os de Dulcineia devem ser de verdes esmeraldas, rasgados, com dois celestiais arcos que lhes servem de sobrancelhas; e essas pérolas, tiras-lhas dos olhos e pões-lhas nos dentes, que sem dúvida te trocaste, Sancho, tomando os olhos pelos dentes."

Miguel de Cervantes (tradução de Miguel Serras Pereira)

Sem comentários: