segunda-feira, setembro 18, 2006

Confissão 5


Nem às paredes confesso que gosto de graffiti.

(Quadro de Basquiat)

1 comentário:

RS disse...

Há gente fantástica a fazer do grafitti uma forma de arte. Como sabes, é um derivado da aerografia, pelo que o meu gosto por esta expressão plástica é genuíno.
Como anda para aí tanta gente a chamar pintura ao que faz, também o grafitti não escapa à usurpação do nome e da forma aplicada a um conteúdo medíocre, mau ou mesmo de m...
O grafitti é um grito urbano contra todo o tipo vandalismo - físico ou psicológico. E, subversivamente, agrada-me.

(nota: há tempos que tenho nos esboços do Blogger uma entrada sobre o grafitti - quem sabe este mote me faça regressar a ela)

Uma boa noite.
RS

PS:
Viste o vôo nocturno de Fabien, n'A Sombra?